Obtenha costas em V | Ganhar massa Muscular

Apréndete os seguintes dicas para muscular de suas costas e dar-lhe a forma que você sempre quis

1) ESTICA O PEITO ANTES DE TREINAR

Estica o peito antes de treinar costas, porque assim aumentará a 2% da força do grande dorsal e o erector da coluna.

2) PEITO QUANDO VOCÊ DORSAIS

Postura melhor e mais lucro. Para trabalhar mais os músculos das costas, peito quando você dorsal na polia alta. Desta forma você aumentará em 12% a intensidade do exercício, de acordo com um estudo publicado na revista Journal of Strength and Conditioning Research.

3) FAÇA SÉRIES DE PESO MORTO

Treine menos e melhor. Faça séries de peso morto, com muita carga uma vez por semana. Assim implicarás mais músculos, conforme descobriram os cientistas estadounidentes.

4) SEGURE-SE BEM COM A BARRA DE FERRAMENTAS

Bom grip. Se sujeitas a barra com as palmas voltadas para o corpo quando você dorsal na polia alta, esses músculos crescerão mais rápido, de acordo com um estudo publicado no Journal of Strength and Conditioning Research.

5) PREOCUPE-TE MENOS DO PESO E MAIS DE ADERÊNCIA

Separa as mãos. Quando você faz exercícios, tais como remo, dominadas e puxada na polia, preocupe-te menos do peso e mais aderência. Se você pegar a barra com as mãos separadas do que a largura dos ombros, conseguirá isolar melhor os músculos das costas, mesmo se cargas de pouco peso.

6) FAÇA PELO MENOS 40 SEGUNDOS POR SÉRIE

Não faça as repetições a toda a pressa. Para que os músculos da parte superior das costas crescer, você precisa estar pelo menos 40 segundos sob tensão em cada série. Junta as escápulas durante 2 segundos ao final de cada repetição. É como ativar o botão de crescimento dos músculos dorsais.

7) COMECE SEMPRE COM O REMO INVERTIDO

Quando você muda para um novo plano de formação, a região lombar é a que tem maior risco de lesão. Para protegê-lo, começa com o remo invertido. Deste modo você ganha músculo e aumenta a estabilidade das costas. De todos os exercícios de remo, este é o que submete a coluna, a pressão é menor.

8) EXIBE SEUS MÚSCULOS DURANTE O TREINO

Os músculos das costas se vêem pouco, e é por isso que é fácil esquecer-se deles. Ao visualizá-los durante o treinamento os obligarás a trabalhar mais intensamente, de acordo com o Journal of Athletic Training.

9) TENSIONE OS MÚSCULOS COMO SE POSARAS

Se concentrar muito nos músculos durante o exercício aumenta a sua potência até 53%, segundo um estudo publicado na revista Neuropsychologia. Tensione os músculos das costas, como se estivesse posando. Você será recompensado com mais potência.

10) CARREGA MENOS PESO, MAS FAÇA MAIS REPETIÇÕES

Procura treinar costas com uma margem de 15 a 25 repetições, carregando menos peso. É também eficaz que fazer sessões mais curtas, com poucas repetições.

11) PEGUE ALGO PESADO E ANDA

Obtenha um tronco em forma de V com um exercício de homem das andas chamado o passeio do fazendeiro. Pegue algo muito pesado e dê a andar. Fácil, certo? Este exercício desenvolve muito costas e, além disso, encurtando a cintura.

Deixe o celular em casa. Treina ao seu ritmo com o relógio mais ‘fit’! | Esportes

O TomTom Spark é o relógio esportivo por excelência, já que te permite treinar com música sem a necessidade de carregar um smartphone

Você se lembra daquela época em que os celulares eram super pequenos e duradouros? Eu também não faz tanto tempo! Anda que não podia vangloriar-se com o Nokia 8210…no entanto, em muito pouco tempo a tendência deu uma guinada de 180º, porque os smartphones de hoje em dia se destacam mais pela sua baixa autonomia e também pelo seu tamanho gigantesco. De fato, se você não tem um smartphone, pelo menos, 5 polegadas, poderíamos dizer que já começa a estar desatualizado.

Mas à medida que esses dispositivos crescem, o que é uma vantagem para aproveitar a tela na hora de ver vídeos no YouTube, também é reduzido, em alguns casos, a sua praticidade. Não apenas temos que usar as duas mãos para poder lidar com isso, mas ainda é francamente estranho carregar com ele no dia-a-dia. E, mais ainda, quando se quer levar para fazer desporto, porque quer ouvir a música que você tem guardada dentro…

Quer deixar de ser escravo de seu telefone, mas sem renunciar as músicas do seu cantor favorito? Pois então você deve conhecer o novo TomTom Spark CARDIO + MUSIC, um relógio esportivo que irá satisfazer esta necessidade e muitas outras que você possa vir a ter quando você sair para correr ou quando você treina na academia.

Até 500 músicas!

E é que este dispositivo é possível sincronizar com uma ampla gama de auscultadores Bluetooth para que você possa trabalhar ao seu ritmo, seja pop, tecno, dance ou o que você mais gosta. Além disso, você não terá que se preocupar com o número de músicas que você pode ouvir, já que graças à sua 3GB de armazenamento, você pode armazenar mais de 500! O Que a sua biblioteca MP3 está fora de moda? Calma, que vem pré-carregado com Running trax, uma lista de reprodução de meia hora que irá mantê-lo ‘on fire’ com uma sessão dos DJS mais famosos do mundo, patrocinada pela Ministry of sound.

O relógio mais fit

Mas aqui não acaba a coisa, nem muito menos. Logicamente, o SPARK CARDIO+MUSIC é também um relógio quantizador que há um controle muito preciso de sua atividade durante as 24 horas do dia e os 7 dias da semana. Como? Medindo os passos que você dá, a distância que percorre e as calorias queimadas. Além disso, também pegar os dados de seu desempenho esportivo, já que graças ao Modo multi-desporto, saberá com exactidão todas as suas marcas quando sais a correr, quando você faz uma bicicleta, quando nadas , ou mesmo quando está a treinar no centro de fitness.

Com GPS e monitor de freqüência cardíaca

E não só há um acompanhamento da atividade, mas também se tornará sua sombra, porque o GPS tracking oferece informações em tempo real para que você possa controlar a sua velocidade, o ritmo, a distância percorrida e o tempo de seus treinos, que depois você poderá analisar de uma forma muito detalhada, através da aplicação TomTom MySports. Por outro lado, e como não poderia ser de outro modo, também conta com um monitor de freqüência cardíaca para medir a sua frequência cardíaca, assim que você já pode dizer adeus para as incômodas bandas que provocam fricção no peito.

Assim, no seu pulso, você terá um relógio muito ‘fit’ que vai se tornar o melhor substituto para o seu Smartphone, já que não só é muito ergonômico, mas que, além disso, conta com uma bateria que não são apenas as primeiras de mudança. Você pode aguentar até 11 horas com o GPS ligado! Portanto, deixe seu telefone para o whatsappeo e o instagrameo…que para treinar já tem o TomTom Spark! E de maneira mais acessível, já que você pode fazer com um desde 249€.